08/03/2018

Mundo Gigante Mágico inaugura dia 16

Novo atrativo turístico do Vale do Taquari inaugura no dia 16 (Fotos: Arquivo Pessoal)

Novo atrativo turístico do Vale do Taquari inaugura no dia 16 (Fotos: Arquivo Pessoal)

Três mil metros quadrados estão sendo ocupados pelo Mundo Gigante Mágico, o mais novo atrativo turístico da região, que será inaugurado na próxima sexta-feira (16), na Linha Santo Antônio, em Colinas.

O primeiro parque temático do Vale do Taquari foi concebido por Alexandre Ahlert, que sempre sonhou empreender no ramo de turismo. “Há anos tinha em mente algo neste sentido, mas não sabia exatamente por onde começar. Após pesquisas na internet sobre casas de cabeça para baixo, que conheci durante uma viajem aos Estados Unidos, e um ensaio de um fotógrafo francês que reproduziu imagens de ambientes gigantes fez com que eu apostasse nesta ideia, visto que não existia uma estrutura neste formato aqui no Vale”, explica.

Logo na entrada foi construído um pórtico no formato de um castelo seguido por um túnel que dará acesso ao parque. A casa da bruxa, a tenda da princesa até fonte dos desejos estão entre as outras opções que o público poderá conhecer. A proposta é oferecer aos visitantes um tour nestes locais, contando a história do mundo gigante. “A bruxa lançou um feitiço contra todos os habitantes”, revela, Ahlert, sem maiores detalhes. “A ideia é encantar e proporcionar momentos de felicidade a todos que passarem por aqui. No mundo em que vivemos falta amor, a ajuda ao próximo e nós queremos passar o que aconteceu lá para que as pessoas reflitam e repensem no dia a dia, para quem sabe agir diferente”, destaca.

Personagens farão parte do cenário que conta com música e muita diversão. “A equipe trabalhará com o intuito de passar boas energias, tentaremos encantar, tocando os visitantes de alguma forma, esse é o nosso maior objetivo”, relata.

O parque estará aberto para visitação de sexta à domingo, das 9h às 16h, sem fechar ao meio dia, e conta, também, com um quiosque gigante, onde os turistas terão opções de lanches e bebidas. A entrada no atrativo terá o custo de R$ 20 para adultos, meia entrada (R$ 10) para estudantes, idosos acima de 60 anos e para crianças de dois a 12 anos. Porém, “faremos uma promoção para os primeiros dias de funcionamento. O ingresso custará R$ 15 para adultos, pois queremos que as pessoas venham conhecer e que todos, sem exceção, possam fazer parte do nosso sonho”, ressalta.

Segundo Ahlert, é impossível fazer uma projeção de quantas pessoas o parque irá atrair, tornando-se um problema por questões de organização. “Não temos a menor ideia, é o primeiro na região, está sendo muito divulgado pelos veículos e percebe-se uma boa aceitação”. No entanto, a expectativa é grande. “Esperamos que tudo corra bem, os trabalhos estão em ritmo acelerado para deixar tudo pronto. Estamos nos esforçando e se dedicando ao máximo, para obter êxito”, almeja.

De acordo com o estrelense, a Cidade Jardim foi escolhida para receber o empreendimento porque vê o município como um polo turístico no futuro. Entretanto, “toda a Região tem um potencial turístico muito grande. Acredito que nós pela iniciativa privada devemos explorar isso, contando sim com a ajuda do poder público, mas é necessário que demos o pontapé inicial”, salienta.

O local tem espaço para ser expandido e receber mais cenários, no que depender de Ahlert ideias e motivação tem de sobra. “Começamos pequeno. Como proprietário espero sempre algo a mais, faltam algumas coisas. Muitos me falam que alcançarei meus objetivos com essa estrutura, mas eu sei que devo ir além, pois posso oferecer mais e imaginação não faltará para chegar lá”, almeja.

Parque temático conta com balanços gigantes

Parque temático conta com balanços gigantes

 

Uma nova opção de lazer para todos os moradores do Vale e do Estado

Para a turismóloga da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Lizeli Bergamaschi, o novo empreendimento é essencial tanto para o município como para o Vale do Taquari.

“Esse atrativo visa resgatar os sentimentos, o amor uns pelos outros. Hoje em dia vivemos num mundo tão agitado, muitas vezes não damos valor as coisas. Acredito que é através de empresários como o Alexandre que farão a diferença. Ele viu no turismo uma oportunidade de mudar essa realidade ao mesmo tempo em que está atraindo pessoas para a nossa região, promovendo a geração de emprego e renda e valorizando o que é daqui”, destaca.

Ela argumenta que, atualmente, uma visão e investimento por parte de empreendedores é o que falta. “Há anos Colinas trabalha no segmento com o apoio do poder público e agora ter uma ideia como esta, por parte da iniciativa privada, é fundamental, mostra que é preciso ousar, colocar em pratica e acreditar”, enfatiza.

A Amturvales faz sua parte apoiando, divulgando e buscando, através de ações, desenvolver o turismo regional, mas “é necessário sempre se reinventar, porque quanto mais pessoas investirem mais visitantes virão conhecer nossos atrativos e, consequentemente, seremos vistos como uma região turística promissora”, ressalta, Lizeli.