27/09/2018

Dia 27 de setembro “Dia Mundial do Turismo e do Turismólogo” – por Lizeli Bergamaschi

A data foi instituída pela Organização Mundial do Turismo (OMT).

Lizeli Bergamaschi é turismóloga da AMTURVALES (Foto: Arquivo Pessoal)

O profissional que trabalha com turismo é chamado de Turismólogo. O Turismólogo é o profissional da área do Turismo formado em curso superior e que também pode ser chamado de Bacharel em Turismo. Título este, que daqui algum tempo, teremos orgulho em sustentar, pois vemos esta profissão como uma porta para vários caminhos, bastando escolher o que melhor nos convém.

O profissional do Turismo tem o “poder” de ser uma alavanca para a realização do sonho de muitas pessoas, tendo em suas mãos as ferramentas para que ele se torne realidade. Isso é claro, sabendo atender as reais necessidades de quem procura o seu trabalho.

Poder tornar regiões pequenas e apagadas em importantes pólos turísticos, envolvendo comunidade e comércio local, também é algo “mágico” que pode ser desenvolvido por um turismólogo, assim como fazer o resgate de fatos históricos de um determinado local, planejar e executar eventos dos mais variados tipos que se pode imaginar, recepcionar turistas, trabalhar em redes hoteleiras, agencias de viagens, entre outros.

É preciso saber que Turismo se constrói, com bastante dedicação, é claro, mas ele funciona também nas pequenas cidades em regiões interioranas, é só ter vontade de trabalhar e dar créditos aos turismólogos que são profissionais capacitados e com grande vontade de mostrar e desempenhar o seu trabalho.

Torna-se necessário enfatizar que para o Turismo vir a ser algo mais lucrativo e atrativo, é preciso que os locais históricos, bem como os lugares aprazíveis da maioria dos municípios brasileiros recebam a merecida atenção e valorização por parte dos poderes públicos constituídos. Desta forma, não só o profissional de Turismo será beneficiado, como também outras diversas pessoas terão o seu trabalho envolvido. O comércio de cada município com certeza acabará atraindo mais vendas de seus produtos, resultado de uma política voltada para a valorização do Turismo local e regional.

Relato sobre o Turismo Regional aqui no Vale do Taquari, pela qual executo um trabalho a 10 anos, junto a Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales – AMTURVALES.

É notório o crescimento anual de visitantes. Realizamos desde 2008 o levantamento do número de turistas que visitam as rotas, roteiros, atrativos e eventos. O número cresce a cada ano, fazendo com que apostamos cada vez mais no Turismo como fomentador econômico no Vale.

A preparação para o turismo é constante, podemos ver que estão havendo avanços na infraestrutura e de novos empreendimentos, porém, a região ainda tem muito que melhorar em relação aos serviços. O turismo é feito por todos, pelos que nos visitam e por quem vive aqui!

A região tem se destacado no setor turístico conta com onze Roteiros Turísticos formatados, que contemplam desde riquezas culturais e históricas, belezas naturais exuberantes, religiosas, gastronômicas e muito mais. Também podemos destacar os Caminhos Autoguiados, projeto esse que visa proporcionar trajetos por caminhos rurais, sem auxílio de condutores, orientando-se apenas pelas placas de sinalização; oferecendo exercícios para o corpo e a mente; elevando a autoestima das comunidades visitadas; gerando renda através da comercialização de produtos coloniais e artesanato; proporcionando momentos únicos aos turistas e vivenciando conhecimentos entre moradores e caminhantes. Atrativos não nos faltam. Vamos valorizar a nossa própria terra, adquirindo conhecimento, conhecendo lugares incríveis e o melhor, dentro da nossa Região.

Observa-se a necessidade de valorizar o que de melhor a região oferece, o turismo, como negócio em algumas cidades, é a principal fonte de atratividade de clientes para pequenas e médias empresas, como bares, restaurantes, hotéis, pousadas, parques, entretenimentos, lojas e toda uma cadeia de produtos e serviços diretos e indiretos que aquecem e economia local, gerando emprego e renda.

Por esse motivo é necessário o engajamento de todos os segmentos acima citados para que te fato seja ainda mais explorado, e que veja no segmento turístico uma oportunidade de desenvolvimento e crescimento para a região do Vale do Taquari.

Parabenizo todos estes profissionais, grandes batalhadores pelo reconhecimento de sua profissão, que conseguem com o seu profissionalismo, dedicação e entusiasmo, mostrar a todos os turistas os mais diversificados e encantadores recantos do nosso imenso País e outros lugares do mundo.

Lizeli Bergamaschi é turismóloga da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (AMTURVALES).